Evento, promovido pelo Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia, será realizado nesta quinta-feira (25/02), a partir das 19h (horário de Manaus), em sala virtual exclusiva no Youtube do Sidia. O palestrante será o doutorando em Ciência da Computação Felipe Giuntini e o evento é gratuito.

 

Já imaginou quando a tecnologia for capaz de identificar, nas mensagens de rede social, o momento em que alguém começa a entrar em depressão? O mestre e doutorando em Ciência da Computação, pesquisador Felipe Giuntini vai mostrar que isto já é possível. Ele vai falar sobre o “Roadmap da Computação afetiva: Inteligência artificial aplicada ao transtorno de humor”, no Sidia Talks, palestra virtual promovida pelo Sidia. O webinar será nesta quinta-feira (25/02), a partir das 19h, em link exclusivo e gratuito para quem se inscrever na palestra.

Inscreva-se gratuitamente aqui!

Felipe Giuntini tem se debruçado neste assunto para o seu doutorado pela Universidade de São Paulo. Em um de seus artigos, ele mostra como as redes sociais tornaram-se mais um recurso para apoiar especialistas em saúde mental a fazer inferências e encontrar indícios de transtornos de humor, como a depressão.

Ele escreveu o artigo “A review on recognizing depression in social networks: challenges and opportunities (Uma revisão sobre o reconhecimento da depressão em redes sociais: desafios e oportunidades), em parceria com Mirela Cazzolato, Maria de Jesus Reis, Andrew Campbell, Agma Traina e Jó Ueyama.

“Twitter, Facebook, Blogs e Fóruns, Reddit, Live Journal e Instagram são as redes sociais mais utilizadas para a identificação de transtornos do humor depressivo, e as informações mais utilizadas foram texto, seguido de emoticons, informações de log do usuário e imagens”, explica Giuntini. “A revisão sistemática conduzida com foco em redes sociais, mídia social e as técnicas, sentimentos e emoções mais empregados foram analisados para encontrar antecessores de um transtorno depressivo”.

Giuntini diz ainda que as discussões sobre as lacunas de pesquisa identificadas visam melhorar a eficácia do processo de análise, aproximando-o da realidade do usuário. Ele explica também que o artigo apresenta uma nova abordagem multimodal para coleta e reconhecimento temporal de padrões de comportamento de usuários depressivos em redes sociais, utilizando técnicas de aprendizado de máquina.

Saiba mais sobre Felipe Giuntini

Felipe Giuntini possui parcerias nacionais e internacionais de pesquisa, como pesquisadores da Universidade de São Paulo, Universidade Federal de São Carlos e com Andrew T. Campbell, que é professor e pesquisador de Dartmouth College vinculado a Google Life Science, Laboratório da Google que desenvolve pesquisas na mesma área, como depressão, ansiedade e esquizofrenia. Juntos já submeteram inclusive projetos para SUS e CNPq.

O Sidia Talks é um evento promovido pelo Sidia Instituto Tecnologia com o objetivo de discutir assuntos sobre tecnologia e inovação e é aberto ao público. O evento do pesquisador Felipe Giuntini é gratuito, mas é necessário se inscrever para receber o link exclusivo da sala do Youtube onde o evento será realizado. Para se inscrever, basta acessar https://solucoes.sidia.com/sidia-talks-computacao-afetiva e registrar seus dados.

 

SERVIÇO

O QUE: Sidia Talks, palestra virtual “Roadmap da Computação Afetiva: inteligência artificial aplicada ao transtorno de humor”, com Felipe Giuntini.

QUANDO: 25/02 às 19h (horário de Manaus)

Onde: Sala virtual exclusiva do YouTube do Sidia.
Como se inscrever: https://solucoes.sidia.com/sidia-talks-computacao-afetiva