O Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia doou nesta quarta-feira (10/06) 80 tablets para alunos em vulnerabilidade socioeconômica da Fundação Matias Machline (FMM). A doação atende a uma campanha emergencial, lançada neste mês que envolve além equipamentos, produtos alimentícios. Criada há 34 anos como um projeto social, a FMM oferece Ensino Médio Técnico gratuito a adolescentes de baixa renda no Estado.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a FMM adotou o ensino a distância, o que tem sido uma barreira para alunos sem acesso à internet e à plataforma para as aulas virtuais. A representante da Fundação Matias Machline, Sthephany Costa, disse que a doação do Sidia contribui com a missão da FMM: “O Sidia tem sido um parceiro importante na nossa missão de transformar vidas por meio da educação. Com esses tablets, parte de nossos alunos irá conseguir acompanhar as aulas, reduzindo a desigualdade tecnológica que a pandemia acabou por escancarar”, comentou.

A gerente sênior de Recursos Humanos do Sidia, Vivian Oliveira, também ressaltou o propósito da doação. “É muito importante saber que estamos participando de uma causa que diminui a desigualdade tecnológica muito mais aparente neste momento de pandemia”, disse Vivian. “Saber que o Sidia está contribuindo com algo diretamente relacionado à educação e ainda mais de um segmento de pessoas que está passando por dificuldades financeiras, deixa-nos muito felizes”.

Para a gerente sênior de Supply Chain do Sidia, Luciana Toffoli, é uma honra saber que o Sidia, por meio da tecnologia, está permitindo que adolescentes possam retomar os estudos. “É gratificante para nós poder contribuir com esses estudantes em um momento em que a educação a distância é o único meio de eles continuarem seus estudos. Ficamos muito felizes em poder ajudar”, destacou.

A Fundação Matias Machline ainda continua com sua campanha, recebendo doações de ex-alunos, professores, amigos e sociedade em geral. A contribuição pode ser uma doação de qualquer valor, através de transferência ou depósito bancário; ou ainda por meio de doações de cestas básicas, computadores, tablets, notebooks, além do pagamento de contas de energia, água ou internet de um dos alunos. Para saber mais e contribuir, acesse o site www.fundacaomatiasmachline.org.br.